Operar Catarata - Será que Preciso mesmo?

Operar Catarata - Será que Preciso mesmo?

Será que Preciso mesmo Operar Catarata?

Esta é uma pergunta bastante frequente no consultório, especialmente em pacientes que acabaram de receber o diagnóstico. Esta pergunta faz todo o sentido, visto que todo procedimento cirúrgico, mesmo sendo relativamente simples e seguro, apresenta algum grau de risco.

Se você ainda tem dúvidas sobre o que é a catarata, veja este texto que produzimos para você “Doenças Oculares: Catarata” e para saber mais sobre a Cirurgia para Catarata.

Mas e no Meu Caso, Preciso Operar de Catarata?

Apesar da constante evolução científica e do desenvolvimento de novos tratamentos para várias doenças, no caso da catarata a cirurgia ainda é o único tratamento disponível atualmente para a solução do problema, assim, cedo ou tarde este procedimento será necessário (veja aqui como prevenir o aparecimento da catarata). Mas fique tranquilo, as cirurgias têm se desenvolvido e ficado cada vez mais seguras e com melhores resultados.

Agora a pergunta é outra: “Será que preciso operar agora minha catarata?” Neste caso a resposta é: “Depende de você”.

A avaliação do melhor momento para operar a catarata depende, principalmente, da queixa do paciente. Há alguns anos havia a recomendação cirúrgica somente quando alguns parâmetros clínicos eram observados.

Atualmente a recomendação é que a cirurgia deva ser realizada assim que o paciente relatar perda visual que diminua sua qualidade de vida de forma subjetiva, ou seja, há casos em que a observação por parte do médico oftalmologista sugere que a cirurgia pode ser postergada, mas se ainda assim o paciente relatar perda da qualidade visual que o atrapalhe, a cirurgia pode ser realizada.

Você tem catarata diagnosticada ou precisa do diagnóstico?

Gostaria de se informar sobre a possibilidade de uma cirurgia para seu caso? Clique aqui e agende sua consulta.

Fale conosco